PNAD Contínua

A PNAD, Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios, Contínua, para março, abril e maio de 2021, mostrou uma taxa de desocupação de 14,6%, muito próxima a do trimestre de dezembro de 2020 a fevereiro de 2021, que foi de 14,4%. No mesmo trimestre de 2020, havia sido de 12,9%.

A população desocupada, aproximadamente 14,8 milhões de pessoas, foi levemente maior da verificada no trimestre terminado em fevereiro, com 14,4 milhões de pessoas, e subiu 16,4% comparado ao mesmo trimestre de 2020, que foi de 12,7 milhões de pessoas.

A população ocupada, aproximadamente de 86,7 milhões de pessoas, cresceu 0,9% em relação ao trimestre anterior e ficou estável frente ao mesmo trimestre de 2020.

A população desalentada, aproximadamente 5,7 milhões de pessoas, ficou estável frente ao trimestre anterior e cresceu 5,5% ante o mesmo período de 2020, quando foi de 5,4 milhões de pessoas.

Entre as atividades, frente ao trimestre anterior, destaque para o aumento em Informação, Comunicação e Atividades Financeiras, Imobiliárias, Profissionais e Administrativas, com 3,9%, ou mais 408 mil pessoas.

Ante o mesmo trimestre de 2020, houve aumento em Agricultura, Pecuária, Produção Florestal, Pesca e Aquicultura, com 9,6%, ou mais 770 mil pessoas, Construção, 11,8% ou mais 653 mil pessoas, e Informação, Comunicação e Atividades Financeiras, Imobiliárias, Profissionais e Administrativas, 5,7% ou mais 584 mil pessoas. Houve redução em Outros Serviços, com -7,3%, ou menos 322 mil pessoas.

Os dados foram pesquisados e divulgados pela equipe do IBGE.

Publicado por Luis Panizo

Estudioso em investimentos gerais e economia.

%d blogueiros gostam disto: