Semana na Bolsa

Nesta semana, nos Estados Unidos beliscou recorde, mas fechou em leve recuo. Nas principais Bolsas de Valores da Europa, tivemos uma certa lateralização, quase sem alteração. A Bolsa de Valores de São Paulo fechou em baixa.

O IBOV, índice Bovespa, terminou a sexta-feira aos 121.800,79 pontos, com queda de -3,08% no dia e de -2,60% na semana. Como foi o último pregão do mês, fechamos julho em queda de -3,94%.

Dentre as principais ações que compõe o índice, destaques para:

A Vale, VALE3, fechou a semana cotada a R$ 108,76, forte queda de -5,89% no dia e de -4,70% na semana. No mês, a queda foi de -3,96%.

Banco Itaú, ITUB4, fechou a sexta-feira em R$ 30,30. Baixa de -1,08% no dia, mas em alta de +4,41% na semana. No mês, alta de +1,73%.

A Petrobras, PETR4, fechou a semana em R$ 26,91. Queda de -3,24% no dia, mas em alta de +0,64 na semana. No mês, forte queda de -8,56%.

A Brasil Bolsa Balcão, B3SA3, apresentou queda de -3,54% nesta sexta-feira, fechando em R$ 15,25. Queda mais forte de -6,73% na semana. E mais forte no mês, com -9,35%.

As ações do Banco Bradesco, BBDC4, fecharam cotadas em R$ +24,25. Baixa de -1,70% no dia, mas em alta de +1,25% na semana. No mês, fechou em queda de -4,02%.

Ambev, ABEV3, fechou em R$ 16,64. Queda de -2,86% no dia e de -0,66% na semana. No mês de julho, houve baixa de -2,52%.

Outros destaques da semana, entre as maiores quedas tivemos: BIDI11, com -12,69%; AMER3, -12,29%; e NTCO3, -10,85%. Entre as maiores altas, destaques para JBSS3, com +4,53%, ITUB4, +4,41%, e WEGE3, com +2,61%.

Importante informar que estes dados e análises não significam nenhuma recomendação de compra ou venda. Apenas informações para ajudar você a tomar suas próprias decisões.

Publicado por Luis Panizo

Estudioso em investimentos gerais e economia.

%d blogueiros gostam disto: